Família, paganismo e história

Corre na Internet um “debate” (se podemos chamá-lo de debate) a respeito da posição do homem e da mulher na sociedade. Natural, considerand0-se as mudanças sócio-culturais trazidas pela Revolução Industrial e a era da informação. No meio heathen, a AFA (Asatru Folk Assembly) fez uma declaração sobre “valorizar suas mulheres femininas, seus homens masculinos e […]

Leia Mais "Família, paganismo e história"

Striðshundar – Balada de Gunnlod

Por Skavis Wodenssigr, skáld do Kindred Striðshundar, uma nova canção para vocês ouvirem e apreciarem!

 


Imagem: Odin e Gunnlod, por George Wright. Via Wikicommons.

Leia Mais "Striðshundar – Balada de Gunnlod"

O paganismo e o preconceito, I

Por esses dias, estava assistindo um episódio de Encontros Fatais (Fatal Encounters). Neste episódio, eles falavam de uma mulher que teria matado um homem, cruelmente, com treze facadas no peito. Um caso de assassinado comum, certo? Psicopatia. Mas não era exatamente este o caso, nem esse o motivo pelo qual eu o trago à tona […]

Leia Mais "O paganismo e o preconceito, I"

O heathen e a anomia

Entre os pagãos que eu conheço (e sim, estou ciente da generalização e da limitação da população observadas), torna-se bastante clara a tendência de um desejo por uma vida mais simples. Essa simplicidade geralmente é ligada à vontade por um retorno à natureza, à vida do campo, à relação com o mundo natural e com […]

Leia Mais "O heathen e a anomia"

Chamando o gado com kulning

Jonna Jinton chama um grupo de vacas para serem ordenhadas usando o kulning, método de vocalização tradicional escandinavo, usado para pastorear o gado e chamar o rebanho em longa distância. Kulning (alternativamente, kauking, kauning e kulokker) é um método vocal escandinavo para chamar o gado nos vales. O rebanho, disperso nas montanhas e nos campos, e geralmente usando sinos no pescoço […]

Leia Mais "Chamando o gado com kulning"